quinta-feira, agosto 6

Tag: reforma da previdência

Reforma da Previdência: atenção para o tempo de contribuição

Reforma da Previdência: atenção para o tempo de contribuição

Colunas, Colunistas
A Reforma da Previdência foi aprovada pelo Senado Federal no dia 22 de Outubro.  E quase nove meses depois de ser oficialmente proposta pelo governo, na terça-feira, 12 de novembro, deputados e senadores, em uma sessão conjunta do Congresso Nacional, promulgaram a reforma da Previdência. O texto altera regras de aposentadorias e pensões para mais de 72 milhões de pessoas, entre trabalhadores do setor privado que estão na ativa e servidores públicos federais. Neste contexto, a reforma impõe mudanças nas regras das Aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social, bem como, no Regime Próprio de Previdência Social, sinal para todos ficarem atentos quanto ao tempo de contribuição que já possuí e as possíveis regras de transição. Este é o momento adequado para fazer um planejamento do tem
Mudanças no texto-base da Reforma da Previdência Social

Mudanças no texto-base da Reforma da Previdência Social

Colunas, Colunistas, Maristela de Brito
Na noite do dia 10 de Julho de 2019, a Câmara dos Deputados aprova em primeiro Turno o texto-base da PEC 06/2019 da Reforma da Previdência, por 379 votos a favor, contra 131 votos contrários à Reforma. Entretanto, a PEC 06/2019 ainda depende de uma aprovação em segundo turno na Câmara dos Deputados, depois, segue para a aprovação no Senado Federal, para somente ao final ser promulgada pelo Presidente Jair Bolsonaro. Assim, foram aprovados 10 pontos do texto-base da PEC 06/19 da Reforma da Previdência, quais sejam: 1) idade mínima para aposentadoria, 2) regra de cálculo para os salários de benefícios, 3) alíquotas de contribuição por faixa salarial no RGPS e RPPS; 4) redução no valor do benefício do pensão por morte; 5) redução no valor dos benefícios por incapacidade; 6) aposentadoria es
Reforma da Previdência: confira principais mudanças no relatório da Câmara

Reforma da Previdência: confira principais mudanças no relatório da Câmara

Economia
Com economia prevista de R$ 1,13 trilhão em 10 anos, o relatório da Reforma da Previdência foi apresentado ontem na comissão especial da Câmara dos Deputados e começará a ser debatido na próxima terça-feira, 18. A data de votação na comissão ainda não está definida. O relator da proposta de emenda à Constituição (PEC), deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), fez diversas mudanças em relação à proposta original enviada pela equipe econômica do Governo. Confira as principais mudanças no relatório: Idade mínima para trabalhador urbano Proposta do governo:a idade mínima de 62 anos para mulheres e de 65 anos para homens após o período de transição, com tempo mínimo de contribuição de 20 anos para ambos os sexos. Relatório:idades mínimas mantidas, com tempo de contribuição de 20 anos p
NACIONAL –  59% DOS BRASILEIROS APOIAM MUDANÇAS NA PREVIDÊNCIA, APONTA PESQUISA.

NACIONAL – 59% DOS BRASILEIROS APOIAM MUDANÇAS NA PREVIDÊNCIA, APONTA PESQUISA.

Economia, Semana
Pesquisa divulgada no último dia 08 pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que 59% dos entrevistados reconhecem que é preciso reformar a Previdência, e que 72% concordam que deve ser estabelecida uma idade mínima para a aposentadoria. Embora a maioria dos entrevistados concorde com a adoção de uma idade mínima, é grande a parcela dos que defendem aposentadoria em idades muito baixas. Para 80% das pessoas ouvidas, a aposentadoria deveria ocorrer com 60 anos ou menos. Os que acreditam que a aposentadoria deveria ocorrer a partir dos 61 anos são 19%. A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Reforma da Previdência mostra que apesar de mais da metade dos entrevistados reconhecer que é preciso mudar as regras da Previdência, os brasileiros não estão bem-informados sobre a