segunda-feira, agosto 19

Hemocentro de PA tem queda de 25% em doações nesta época

Hemocentro de PA 1

Campanha Junho Vermelho tenta reparar queda das doações de sangue no inverno

Os meses de junho e julho costumam registrar quedas significativas nos estoques dos bancos de sangue. As baixas temperaturas, a maior incidência de doenças respiratórias, a temporada de provas em instituições de ensino, além das férias escolares, fazem com que o número de doações diminua nesta época. Em Pouso Alegre as doações de sangue no Hemocentro caem em média 25% neste período. É justamente para reparar esta queda brusca que a Campanha Junho Vermelho destaca a importância da doação de sangue.

“O Junho Vermelho é uma campanha muito importante para manter nosso estoque de sangue adequado e atender as demandas do Sul de Minas, já que neste período diminui bastante o número de pessoas que doam sangue”, destaca o enfermeiro Carlos Eduardo de Oliveira, responsável técnico pela coleta no Hemocentro de PA que atende 59 municípios da região, o que inclui 37 hospitais e uma população estimada em 1,5 milhão de pessoas.

Embora o estoque de sangue atualmente esteja adequado, ele lembra que diariamente o Hemocentro de PA precisa de doações de todos os tipos sanguíneos. “O sangue dos estoques tem validade e os hospitais utilizam constantemente. Então, se hoje temos o estoque adequado, para amanhã não sabemos, pois esta questão é muito relativa.  Às vezes acontece um acidente, há cirurgias de emergência e a demanda aumenta de repente”, informa Carlos Eduardo.

A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é de que cada país tenha, entre 3% e 5% de sua população doadora de sangue frequente. No Brasil, o índice fica em 1,8%, enquanto em alguns países da Europa, cerca de 7%.

“O Brasil é um país que tem uma baixa taxa de doação voluntária de sangue, comparado com outros países do mesmo porte. Está bem abaixo do necessário. A doação de sangue no Brasil ainda é muito voltada para um parente que está precisando, para alguém que conhece e isso tem que mudar”, enfatiza o enfermeiro do Hemocentro de PA.

Condições para doar sangue

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos. O candidato à doação deve comparecer ao Hemocentro de PA em condições plenas de saúde. Se estiver apresentando qualquer sintoma (febre, diarreia, gripe ou resfriado, dentre outros), mesmo que leve, deverá aguardar a melhora.

Quem vai doar deve ter dormido, pelo menos, quatro horas e estar bem alimentado (não deve ter comido coisas gordurosas antes da doação) e tomar bastante líquido. Fumantes não devem fazer uso de cigarro duas horas antes e duas horas depois da doação. O candidato passa por entrevista e avaliação médica antes da doação.

Pesquisa

Hemocentro PA

De acordo com uma pesquisa feita em 2017 pelo “Eu Dou Sangue”, em parceria com o Instituto Datafolha, cerca de 92% dos brasileiros disseram não ter doado sangue entre junho de 2016 e junho de 2017.

Segundo o levantamento, além do recesso e do clima mais frio, feriados e dias chuvosos também impactam negativamente os hemocentros que costumam registrar queda de 30% em seus estoques no período.

Os dados também mostraram que 39% dos brasileiros admitem não saber qual é seu tipo de sangue. O estudo, que ouviu 2.771 entrevistados em todo o país, mostrou que o desconhecimento é maior entre os homens (44%) do que entre as mulheres (35%). Assim como a maioria dos jovens (52%), na faixa dos 16 aos 24 anos, também desconhecem esse aspecto de seu próprio corpo.

Mitos

A doação não traz nenhum prejuízo ou risco para quem a realiza. São tirados cerca de 450 ml de sangue, procedimento que demora poucos minutos. O volume colhido não faz falta ao doador e o organismo se encarrega, rapidamente, de sua reposição. Também não é verdade que a doação aumenta o volume sanguíneo, engrossa ou afina o sangue, a pessoa engorda ou emagrece. Tudo isso é mito.

“É um procedimento muito simples e rápido. A sensação de dor é a mesma de uma coleta de sangue no laboratório e o tempo de doação é de até 12 minutos, mas geralmente a media gira em torno de 5 a 7 minutos. Tem um profissional de enfermagem que acompanha o doador durante todo o processo, tirando todas as dúvidas”, informa Carlos Eduardo.

Hemocentro PA

Rua Comendador José Garcia, 846 

Doações de sangue: de segunda a quinta-feira: 7h às 11h. Sexta-feira: 9h às 12h
Agendamento por telefone: 155 – opção 1 ou faça o agendamento online clicando aqui

Eliana Silva

Jornalista Responsável em Jornal Domingo
Formada em Jornalismo pela Univás (Universidade do Vale do Sapucaí) e pós-graduada em Gestão da Comunicação Empresarial pela FAI (Centro Superior em Gestão, Tecnologia e Educação).
Eliana Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *