segunda-feira, novembro 18

Pouso Alegre cresce em população, desenvolvimento e importância.

Cidade comemora neste sábado 171 anos de história

Pouso Alegre jornaldomingo.com.br

Uma cidade que cresce em população, desenvolvimento e importância. Assim é Pouso Alegre que neste sábado, 19, comemora 171 anos. Do pequeno povoado instalado à beira do Rio Mandu emergiu uma cidade próspera que a cada ano conquista mais e mais espaço na região, em Minas Gerais e no Brasil.

Cidade acolhedora, muita gente que aqui hoje mora veio de vários cantos do Brasil. Uma característica que se evidenciou com o crescimento econômico experimentado a partir dos anos 70.

Aos poucos o município foi se tornando um centro de atração para quem busca emprego, estudo, serviços médicos e de saúde, ou mesmo produtos e serviços do comércio local que se expande a cada dia com a abertura de novas empresas.

Resultado disso: população em constante crescimento. Se no ano 2000 o município possuía 106 mil habitantes, dez anos depois a população já era de 130.615 pessoas de acordo com último censo realizado, de 2010.

Já de acordo com a última estimativa da população divulgada pelo IBGE em agosto deste ano, com dados de referência de julho, Pouso Alegre tem 150.737 habitantes. Foi o município que teve o maior crescimento da população em termos absolutos conforme a estimativa. Ao todo, ganhou 1.875 novos moradores de 2018 para 2019. É a cidade que mais cresceu no Sul de Minas e tem a segunda maior população entre os municípios da região, atrás apenas de Poços de Caldas.

E quando se pensa em projeção de futuro, o crescimento populacional que Pouso Alegre deve experimentar nos próximos anos chama a atenção. Recentemente, uma estimativa que leva em conta a evolução dos empregos formais em Pouso Alegre em comparação com o número de habitantes evidencia um crescimento populacional superior às previsões mais otimistas.

Técnicos que trabalham na elaboração do Plano Diretor da cidade, que partiam de uma projeção aritmética que propõe uma população de 210 mil habitantes em Pouso Alegre para daqui a 20 anos, reconsideraram os dados. Pois de acordo com métodos matemáticos, outra projeção, a geométrica, eleva o número de habitantes da cidade para 280 mil em 2040.

Pouso Alegre está entre as Top 100 cidades do Brasil

para fazer negócios

Pouso Alegre jornaldomingo.com.br

Se o assunto é desenvolvimento econômico, Pouso Alegre também sai na frente e continua sendo destaque. Segundo o ranking anual produzido pela Urban Systems e divulgado na última semana, Pouso Alegre está entre as cidades Top 100 para fazer negócios no Brasil, ocupando a 56ª posição no ranking nacional.

O ranking “Melhores Cidades para Fazer Negócios” é um estudo produzido anualmente para a revista “Exame”. Ele avalia as cidades mais atrativas para o desenvolvimento de negócios, considerando condições e infraestrutura disponíveis.

No recorte que analisa o desenvolvimento econômico, a pesquisa considera 15 indicadores relacionados aos setores econômico, financeiro e de transporte das cidades. Alguns exemplos desses indicadores são: PIB per capita; crescimento de empregos formais; crescimento de MEI; gestão fiscal e crescimento de frota de automóveis. Nesse ranking das 100 melhores, o destaque no interior é Pouso Alegre, que ocupa a 15ª posição.

“Nossa Pouso Alegre é uma cidade que vale a pena investir. Sua localização privilegiada, as margens da rodovia Fernão Dias, uma das principais do país, facilita a distribuição de produtos e disponibilização de serviços à população local e da região. Além disso, temos uma grande população flutuante, empresas instaladas aqui, seja comércio, indústria ou prestação de serviços que atendem a toda região. Empresas de diversos setores tem percebido este potencial e vem fazendo estudos e efetivando instalações em nossa cidade”, comenta o presidente da Acipa (Associação do Comércio e Indústria de Pouso Alegre), Filipe Vargas.

Outro recorte é a análise do desenvolvimento social, que é baseada em nove indicadores sociodemográficos, de educação, de saúde e segurança. Alguns deles são: população extremamente pobre; taxa de alfabetizados; índice de coleta de esgoto e homicídios com arma de fogo por habitantes. Nesse ranking, 14 cidades mineiras apareceram entre as 100 melhores. E lá está Pouso Alegre novamente: em 62º lugar no Brasil.

Geração de empregos é destaque

Pouso Alegre jornaldomingo.com.br

O levantamento do final de agosto do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), órgão de pesquisa do Ministério da Economia, aponta resultados animadores para os principais setores – produtivo, industrial e de serviços de Pouso Alegre.

A cidade continua na frente entre os municípios do Sul de Minas com população acima de 30 mil habitantes. O mês registrou o saldo positivo de 369 contratações, decorrente do total de 1.905 admissões contra 1.536 desligamentos.

Em setembro, o mesmo quadro positivo. Foram 1.701 admissões contra 1.530 demissões, resultando num saldo positivo de 171 contratações.

Esses números elevam os resultados do ano para 16.335 vagas preenchidas frente a 14.195 dispensas, resultando em 2.140 novos contratos formais de janeiro a setembro de 2019.

“A ampliação das empresas em atividades e as novas que passam a integrar o parque industrial, bem como o segmento de serviços, puxado pelo comércio, são corresponsáveis por grande parte desses números e se destacam como fonte de geração de empregos, mantendo Pouso Alegre nesta posição privilegiada”, destaca o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Dino Francescato.

Eliana Silva

Jornalista Responsável em Jornal Domingo
Formada em Jornalismo pela Univás (Universidade do Vale do Sapucaí) e pós-graduada em Gestão da Comunicação Empresarial pela FAI (Centro Superior em Gestão, Tecnologia e Educação).
Eliana Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *