quinta-feira, novembro 21

Ipê branco agora é símbolo de Pouso Alegre

ipê branco jornaldomingo.coml.br

A partir de agora, Pouso Alegre passa a ter como símbolo do município a árvore Ipê branco (Tabebuia). Localizada em pontos importantes da cidade, como na entrada que dá acesso a avenida gastronômica e na praça do bairro Santo Antônio, as árvores chamam a atenção em período de florada, que vai de julho à outubro.

A iniciativa é fruto de projeto de lei do vereador Rodrigo Modesto, PTB, que foi aprovado na Câmara Municipal. A lei define ainda que fica estabelecido o mês de setembro como sendo o mês do ipê branco na cidade, quando o Poder Executivo poderá realizar campanhas de divulgação e promoção da árvore, inclusive com a distribuição e o plantio de mudas de ipê, além de promover o turismo.

O ipê

Os ipês florescem, normalmente, entre final de julho e setembro, antes das chuvas, justamente devido à falta de água no solo. O branco e o amarelo são os que mais chamam a atenção, pois suas tonalidades se destacam entre o verde e o cinza da cidade.

Em Minas Gerais, a Lei Estadual nº 20.308 de 27/07/2012 (que altera a Lei n°9.743 de 15/12/88) declara de interesse comum, de preservação permanente e imune de corte, o ipê-amarelo, ipê-branco e pau-darco-amarelo, pertencentes aos gêneros Tabebuia e Tecoma. É considerado árvore símbolo do País, embora o pau-brasil seja decretado Árvore Nacional pela Lei 6.607, de 7 de Dezembro de 1978.

O ipê-branco é uma planta decídua, de floração exuberante, nativa do cerrado e do pantanal brasileiro. Ele apresenta tronco reto, com cerca de 40 a 50 centímetros de diâmetro, e casca fissurada. Tem porte de pequeno a médio e chega de sete a 16 metros de altura quando adulto. A copa é piramidal, com folhas compostas, trifoliadas e de cor verde-azulada.

A floração ocorre no final do inverno ou no início da primavera, entre os meses de agosto e outubro, enquanto a árvore está completamente despida de folhas. A flor tem forma de trompete e pode ser também levemente rosada. O ipê-branco é uma árvore de grande valor ornamental, que valoriza projetos paisagísticos tanto pelo florescimento vistoso, quanto pela forma elegante e copa azulada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *