terça-feira, junho 25

Fernão Dias recebe 18 mil metros de barreira

As barreiras estão sendo construídas pelo canteiro central da Fernão Dias, no trecho mineiro da BR-381, com o objetivo de evitar transposição de pista e, consequentemente, o choque frontal entre veículos.

Fernão Dias

Equipes da Arteris estão mobilizadas para a construção de 18.847 metros de barreiras de concreto tipo New Jersey, ao longo dos 570 quilômetros de rodovia Fernão Dias (BR 381).

As barreiras estão sendo construídas pelo canteiro central da Fernão Dias, no trecho mineiro da BR-381, com o objetivo de evitar transposição de pista e, consequentemente, o choque frontal entre veículos.

Devido ao formato em plano inclinado, as barreiras atuam lateralmente sobre os veículos amortecendo o impacto e fazendo com que eles retornem à pista. Estes elementos podem ser encarados como uma chance a mais que o motorista tem para evitar acidentes de maior gravidade, por meio de uma solução de engenharia.

A iniciativa está entre os investimentos da Arteris em segurança viária com o objetivo de reduzir o número de acidentes na Fernão Dias. O investimento total será de aproximadamente R$ 5,7 milhões de reais. Em anos anteriores, a concessionária já instalou mais de oito mil metros de barreiras de concreto ao longo da Fernão Dias. Pelo menos 45% do trabalho de construção de barreiras já foram concluídos.

“Todos os investimentos da concessionária têm como principal objetivo aumentar a segurança viária e melhorar a trafegabilidade pela rodovia e esta intervenção na Fernão Dias trará esses benefícios”, comenta o diretor de operações da concessionária, Luciano Louzane.

Motoristas precisam ter atenção

Trafegar por uma rodovia em obras exige atenção redobrada dos motoristas, pois para a execução de melhorias são necessárias várias intervenções como desvios, redução da velocidade e estreitamento de pista. Nos trechos onde há movimentação de máquinas e trabalhadores, o motorista deve aumentar a atenção ao fluxo, respeitar a velocidade do trecho e a sinalização vigente e manter distância segura do veículo que vai à frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *