segunda-feira, outubro 21

Santa Rita recebe DJ Black Josie para oficina de música e tecnologia do som

DJ Black Josie jornaldomingo.com.br

No próximo sábado, dia 10, a Casa do Fazer apresenta, em Santa Rita do Sapucaí, oficina gratuita de DJ e tecnologia do som com a DJ Black Josie. Será na Associação Santarritense José do Patrocínio, das 13h30 às 18h30. O evento faz parte do Festival Cidade Criativa, Cidade Feliz.

A oficina com a DJ Black Josie é de iniciação à discotecagem e produção musical . O objetivo é apresentar ferramentas digitais disponíveis para atuação como dj em eventos culturais, comerciais e privados, produção musical; criação de arranjos utilizando midi e áudio, realização de remix à partir da construção de base musical (baixo, harmonia, bateria eletrônica ou beat) para melodia de música conhecida; estabelecimento de uma metodologia para lidar com os programas, a escuta e discussão dos resultados.

O público alvo da oficina com a DJ Black Josie são todos aqueles interessados em trabalhar como dj e com produção musical; montar um home studio; aprender a utilizar programas de edição de áudio-daws; músicos (cantores, instrumentistas, djs, compositores); atores e diretores de teatro e cinema; interessados em produção musical em geral.

Quem é Black Josie

A musicista, preparadora vocal, produtora cultural e relações públicas Luciana Gomes reúne todas suas habilidades e experiências profissionais para dar vida à DJ Black Josie, personagem criada por ela em 2004, após experiência profissional na música erudita frente a direção musical do grupo “Cameratta Lusittana”. Tendo como foco produções brasileiras e internacionais que apresentam influências da cultura negra, Josie prepara seus sets mesclando canções antigas e contemporâneas, elaborando, acima de tudo, repertórios animados e dançantes.

A dj fez pequenas temporadas em bares e pubs da Europa. Passou ainda pela Casa da América Latina e pelo Museu Nacional da Música de Lisboa. Em Belo Horizonte, Josie já agitou a pista de festas e eventos como o “Festival de Arte Negra”, “Festival Mundial de Circo”, “Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto”, “Sexta Básica “, “I Festa do Samba ”e de diversos bares e pubs: Gamboa, Utópica Marcenaria, Gruta, Obra, Ziriguidun, Paco Pigalle, Granfinos, Bomb Shell e outros.

 

CONTEÚDO DA OFICINA

– Breve história do Dj – 1° Dj do Mundo, 1° Dj e Djeia do Brasil;
– Formas de discotecagem- Vinil, cdj, notebook, cdj, Ipod, tablet, controladora;
– Cabos, plugs, amplificadores;
– Como montar um set – considerações sobre perfil de evento;
– Produção Musical – Perspectiva histórica;
– Programas e equipamentos mais utilizados;
– História de alguns dos principais programas (software) e equipamentos (hardware) utilizados na música dos últimos 30 anos;
– Apresentação dos programas e equipamentos que serão utilizados para produção musical;
– Apreciação musical básica -Introdução ao conceitos de arranjo musical;
– Escuta e análise do resultado produzido;
– Demonstração do processo de criação de trabalhos recentes;
– Trilha para teatro (criação, edição) – Osquilibum, Quanto Vale;
– Discos – Elisa de Sena, Face3.

***Observação: interessados na oficina podem levar equipamentos e instrumentos. Recomendável a instalação da versão demonstração dos programas mencionados.

As vagas são limitadas. Para se inscrever, clique aqui!

Eliana Silva

Jornalista Responsável em Jornal Domingo
Formada em Jornalismo pela Univás (Universidade do Vale do Sapucaí) e pós-graduada em Gestão da Comunicação Empresarial pela FAI (Centro Superior em Gestão, Tecnologia e Educação).
Eliana Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *