sexta-feira, novembro 22

A mesa

Nada é melhor na vida do que uma mesa posta com algumas guloseimas e gente interessante conversando.

Nada é melhor do que uma boa e deliciosa conversa.

Chega-se aos poucos, tomam-se seus lugares e a princípio uma conversa agitada para se perceber como cada um está levando a vida.

Compartilhamos rapidamente alguns sofrimentos e tristezas, mas, por incrível que pareça, trazemos dentro de nós muito mais alegria, risos e brincadeiras.

Enquanto comemos vamos “meiando” nossas conversas com os sabores experimentados.

Tudo fica mais doce e mais delicado.

No princípio tudo é mais paralelo, mas aos poucos, quando começamos a retirar de nossas almas os retalhos que vivemos, a conversa passa a ser o nutrir, o fortalecer, o enobrecer de amizades bem construídas.

Risos, engasgos, emoções, gritos, deboches, brincadeiras e gargalhadas.

Gargalhadas vindas de dentro, trazendo de novo o momento.

E as lembranças… Sentimos falta, mas estamos lotados de momentos bons vividos e compartilhados.

Por um instante contemplo aquele grupo de pessoas. Admiro! Lembro!

Olho para minha cunhada e, num relâmpago, volto há uns anos atrás, quando ainda jovens compartilhávamos nossos sonhos. Por causa da aproximação parental, estamos hoje sentadas lado a lado, cheias de lembranças e de muitas gargalhadas dadas há 20 anos, mas que tem o mesmo frescor e força hoje.

Aquela mesa é o símbolo de uma união que foi fortalecida pelas brigas, maneiras diferentes de ser, mas, principalmente, de uma louca vontade de estarmos juntos.

Toda esta visão e participação me levam a agradecer a cada um desta mesa, pois aprendo sempre o que é amar e sinto meu coração aberto para acolher cada um num grande e sincero abraço.

Não é só família, é amizade construída com delicadeza, conversa e vontade de pertencer e ser amada.

Beijos carinhosos e até mais.

Eliana Miranda

Coluna Papo de Domingo em JornalDomingo.com.br
Pedagoga. E-mail: elianamicarva@yahoo.com.br
Eliana Miranda

Últimos posts por Eliana Miranda (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *